AMLINORTE
 
 
 
 
 
 
 
 
Ivo Ladislau
Desde os anos 70 vem se dedicando e trabalhando em pesquisas afro-açorianas e manifestações diversas pelo litoral do RS.

Compositor do Hit Coraçao de Reggae (Letra Ivo Ladislau, Musica Catuipe Jr.)

Compositor, pesquisador, vencedor e premiado em diversos festivais....Vizualizar perfil completo
Perfil completo
Links
Facebook
Músicas - Trama Virtual
Orkut
Site Ivo Ladislau
12/02/2013 Periodo Escravagista
22/01/2013 O Rosário e as irmandades!
14/08/2012 Festa de Cultura Açoriana de Santa Catarina
14/01/2012 260 Anos do Povoamento Açoriano no RS
07/07/2011 AÇORES 260 anos - Aspectos Culturais no Litoral do RS
07/07/2011 AÇORES 260 anos - Figuras Brasileiras ilustres de origem açoriana
07/07/2011 AÇORES 260 anos - As nove ilhas
07/07/2011 AÇORES 260 anos - Sobre os Açores
07/07/2011 AÇORES 260 anos - A vinda dos açorianos
07/07/2011 AÇORES 260 anos - A História que antecedeu a vinda dos açorianos
 
+ Arquivos
Blogs
27ª Moenda da Canção
Aidyl Peruchi
Ana Claudia Gonçalves
Andrea Hilgert
Bola - Wind Fly
Cassia Message
+ Blogs
 
  Blog do Ivo Ladislau
 
15/05/2011
Os 'diferentes' somos nós!

A memória do litoral está morrendo e não vamos acoimar ninguém, mas podemos tentar sinalizar alguns motivos e pensar razões de certos porquês da nossa latente desunião: será que morreremos ilhas neste fantástico oceano cultural e nunca teremos o gosto da fraterna união, formando um continente imenso, onde nossas conquistas e saberes adquiridos sejam acolhidos e repassados aos parceiros e assim afinando um discurso, não fragmentado, mas sim permeado de imenso protagonismo em prol da cultura litorânea, do mar até a montanha.

Digo isso, pois, dia destes, ouvi de um gestor do litoral que necessitávamos trazer coisas “diferentes” nos “verões” e não me contive e disse: os “diferentes” somos nós, porquanto os “diferentes” que pensas em trazer, os nossos veranistas estão acostumados a assistir nos “invernos” deles e então complementei: por experiências vividas nas edições do festival “O Rio Grande Canta os Açores”, em Capão da Canoa, vi o publico vibrar intensamente com nosso produto cultural, pois o balanço, placidez, beleza das apresentações, adoçou os ouvidos e iluminou suas retinas. Ah! E os grupos litorâneos cruzando o Brasil e sendo premiados em grandes festivais como o caso do A4 da magnífica interprete Adriana Sperandir e o Chão de Areia e que estarão novamente nos representando no “Viola de Todos os Cantos”, SP e MG.

Esta diversidade, esta afro-açorianidade é fruto de uma capilaridade imensa que esta aqui a quase 260 anos que, apesar do descaso de alguns ainda pulsa pelo litoral e por isso voltamos a afirmar: senhores gestores, apostem na nossa cultura que é um produto riquíssimo e tem retorno financeiro, sim, e assim com bom alvitre não teremos nossos sonhos baldados, pois o nosso préstito em defesa da cultura litorânea, que esta aí latente, irá sinalizar e “acordar”, de vez, o Litoral.
“Ars longa, vita brevis!

*“Nove ondia” = veranista
       
 
 Post Anterior
21/04/2011
Acorda Palmital !
  Próximo Post
15/05/2011
O centenário tamboreiro
Deixe aqui seu Comentario
 
Blogs
Marina Raymundo da Silva
Escritora professora Branca Diva Pereira de Souza-2ª parte
Marina Raymundo da Silva
Escritora professora Branca Diva Pereira de Souza-1ª parte
Marina Raymundo da Silva
Imagem centenária de Santa Catarina de Palmares do Sul
Marina Raymundo da Silva
Medalha Dante de Laytano
Marina Raymundo da Silva
Lançamento de livro A Coberta dalma no L.N. do Rio Grande do Sul
Marina Raymundo da Silva
Lançamento de livro Navegação Lacustre Osório-Torres- 3ª edição
+ posts
Cadastre seu flyer + eventos
 
    Parceiros
 
Todo conteúdo, imagem ou opiniões publicadas aqui neste espaço é de responsabilidade civil e penal exclusiva do blogueiro.
 
 

www.rotaacoriana.com.br