AMLINORTE
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Atrativos Turísticos
 

Visualizar Rota Açoriana :: Atrativos Turisticos em um mapa maior
 
Parque Estadual de Itapeva
Torres - RS
O Parque Estadual de Itapeva, unidade de conservação de responsabilidade do governo estadual, vizinha área urbana de Torres, tem como metas proteger ecossistemas e espécies da fauna e flora raros e ou ameaçados, e promover atividades de pesquisa científica, educação ambiental e turismo ecológico.

Abriga ambientes de dunas, vegetação de restinga, campos secos e alagados, banhados e turfeiras e Mata Paludosa (floresta formada sobre solos bastante úmidos). Desse modo, o Parque tem o importante papel de conservar um dos últimos remanescentes da paisagem característica da planície litorânea do Estado.


Na fauna aparecem diversas espécies de anfíbios, com destaque para o sapinho-de-barriga vermelha (Melanophryniscus dorsalis), bastante raro e ameaçado de extinção no Brasil.

Entre os répteis, destaca-se a lagartixa-das-dunas.

Diversas espécies de aves podem ser vistas, como o macuquinho - ameaçado de extinção, a rendeira e o acauã. Entre os mamíferos, chamam a atenção o mico-prego o tamanduá-mirim e várias espécies de cuícas.

Na flora, são encontradas grandes figueiras, palmiteiros, uma grande variedade de orquídeas e de bromélias.

São mil hectares de área protegida. O parque foi criado em 2002 por lei estadual. Parque Estadual de Itapeva, Pontos Turísticos Torres, Torres Pontos Turísticos, Ponto Turístico Torres, Torres Ponto Turístico, Litoral do Rio Grande do sul - Brasil
Diariamente, das 7h s 22h.
Telefones:
(51) 3626-3561
(51) 8402-5529
Envie sua foto
Mapa
Deixe aqui seu comentário - Conte o que você achou deste ponto turistíco!
Senhor Marcos, acabei de ler seu comentário e não fiquei indignado, pois este fato que o senhor presenciou e vivenciou na carne já me foi narrado por outros visitantes que por lá se aventuraram. Imagine que, este que vos escreve através deste canal democrático é um dos proprietários (10 hc>) desta belíssima e única área na costa do Rio Grande, com similares somente em S.C. desde 1925. Quando meu avô, um dos pioneiros na área de preservação e da educação do meio ambiente, através da fundação do escotismo no Brasil, por lá visitou-a em janeiro de 1916, apaixonou-se imediatamente pelo recanto, construindo um hotel (que ainda por lá se encontra) e atraíndo para aquela região centenas de veranistas, estimujlando com isto o turismo naquela região. Em 1971, o Estado desapropriou 1.265 hc. criando o parque da Guarita, e de lá para cá, os proprietários foram escuraçados, agredidos na sua espiritualidade, destituidos de seus bens imóveis e jamais serão pagos ou indenizados, pois o Estado é uma massa falida sem solução. Se o senhor se sentiu como um moleque fazendo travessuras, imagine o que nós , proprietários estamos vivenciando. Quem sabe, um dos maiores roubos oficiais de que se tem notícia.. Obrigado pela oportunidade ímpar de ser lido pelo povo brasileiro, tão desrespeitado e massacrado. Arno
Arno Black porto alegre - Rs - Brasil - 29/08/2013
Caríssimos!!!!! A todas as pessoas envolvidas com atividades do Parque Estadual de Itapeva é que escrevo estas linhas. Poderia ter entrado no parque pela praia, mas minha formação não me permite. Sou professor, diretor de escola com mais de mil e quinhentos alunos. Dei a volta pela estrada do mar e prossegui pela estrada de chão até o Pórtico que dizia "Parque Estadual de Itapeva". Eufórico, estacionei a camioneta e adentrei pelo espaço batendo palmas. Sempre quis conhecer este parque desde criança e olha que estou com 53 anos. Fui bem recebido pelo guarda parque que fazia plantão, porém ao fazer uma pergunta, se poderia ter entrado pela praia no parque, o outro guarda que ia passando por ali meteu-se na conversa respondendo a pergunta no lugar do guarda que me atendia e com muita arrogância. Disse : "Se entrar pela praia os guardas parque vão lhe pegar" e desapareceu. Me senti um moleque. Indaguei novamente ao guarda que gentilmente me atendia, se era possivel fazer as trilhas do parque e este disse-me que sim, então acertei com ele que faria a caminhada pela tarde. Quando retornei, apresentei-me com documentos, mas o mesmo sempre gentil disse:"Não, fique tranquilo, você está deixando sua camioneta aqui na frente, está tudo bem".. Perguntei ainda se ele queria revisar minha mochila, sendo que disse não ser preciso, então adentrei no parque. Fizemos uma trilha que saia na praia, fomos ate um pequeno restaurante e encomendamos o almoço . Ao voltarmos pela trilha para buscar dinheiro que haviamos esquecido no carro, fomos quase que literalmente atropelados pelo guarda que havia se metido na conversa pela parte da manhã. Ele estava de moto e andava com velocidade , parece que querendo nos amedrontar. Desceu da moto, nos ameaçou com arrogância, dizendo para nos retirar do parque imediatamente. Veio com a mesma conversa Dizendo que iriamos levar multa dos outros guardas se não nos retirasemos .Caríssimos!!! Estou com 53 anos e gosto de fazer longas caminhadas, porém, nunca mais visitarei o Parque Estadual de Itapeva. Não sei quem vai ler este texto, mas recomendaria a quem for responsável pelo mesmo, que instrua os guardas, para que orientem com gentileza as pessoas que chegam por lá. Obrigado pelo espaço. Grande abraço Marco
Marcos de Souza Parobé - RS - Brasil - 17/02/2013
Avistamento de Aves Lagoa do Peixe
Tavares
Saiba mais
Lagoa do Peixe
Tavares
Saiba mais
Parque da Guarda
Santo Antônio da Patrulha
Saiba mais
Parque da Guarita
Torres
Saiba mais
Parque Eólico de Osório
Osório
Saiba mais
Parque Municipal de Rodeios Jorge Dariva
Osório
Saiba mais
Parque Municipal do Conduto
Riozinho
Saiba mais
Parque Natural Tupancy
Arroio do Sal
Saiba mais
Parque Temático de Energias Renováveis
Santo Antônio da Patrulha
Saiba mais
Trilha do Horto
Tramandaí
Saiba mais
 
 
 

www.rotaacoriana.com.br